Como amenizar o inchaço nas gestantes?

5 minutos para ler

Sem dúvida a gestação é um momento pleno na vida de uma mulher, certo? Mas e quando essa plenitude fica em segundo plano por conta dos desconfortos e do inchaço no corpo? O que fazer?

Se a futura mamãe já tentou de tudo para amenizar o problema e não conseguiu, uma boa pedida pode ser optar por massagens que reduzem o inchaço, melhoram a circulação e trazem diversos benefícios durante este período especial.

De acordo com Mariana Moraes, fisioterapeuta da ZAHRA Spa & Estética, o inchaço afeta mais os membros inferiores das gestantes. “Esse problema acontece porque na gravidez ocorre um aumento na quantidade de sangue e líquido no organismo. Além disso, o crescimento do útero comprime os vasos da região pélvica prejudicando o sistema circulatório”, explica.

As gestantes também precisam ficar atentas aos alertas do corpo nesta fase. O inchaço intenso pode ser sinal de um problema mais grave: “É importante alertar que se a gestante apresentar formigamento nos braços, limitação dos movimentos dos dedos das mãos e dor na região da nuca, tais sinais podem indicar pressão alta, alterações renais ou Diabetes gestacional. Por isso, é imprescindível procurar o médico”, afirma Mariana.

Outra dica importante é tomar cuidado com o excesso de peso, o tabagismo e alimentação inadequada, pois esses fatores contribuem muito para a formação dos edemas. Mas, se mesmo com tantos cuidados o inchaço ainda insiste em aparecer, driblar o desconforto com massagem relaxante ou drenagem pode ser uma ótima solução.

A massagem alivia o peso, prepara o corpo para o parto, fortalece as articulações, diminui o stress e a ansiedade, melhora circulação linfática e sanguínea, previne formação de vasos e varizes e melhora o sono, proporcionando uma gravidez muito mais sossegada.

Logo na primeira sessão a grávida já consegue sentir um alívio do desconforto. Além disso, o momento do relaxamento é uma ótima oportunidade para ligar ainda mais a mãe ao bebê, que também se beneficia com os movimentos lentos e suaves. “A drenagem, por exemplo, induz ao relaxamento psíquico da mãe e esta sensação de bem-estar e conforto transformam-se em emoções positivas transmitidas ao bebê”, explica a fisioterapeuta da ZAHRA.

Uma massagem um pouco menos conhecida pelas gestantes, mas muito útil na eliminação do inchaço, é a Destoxi Drenante. Ela visa equilibrar as funções metabólicas proporcionando mais saúde e bem-estar. “A destoxi drenante pode ser aplicada na gestante sem riscos à saúde da mãe ou do bebê”, informa a Mariana Moraes.

Conheça três tipos de massagens que podem ser feitas pelas grávidas:

Destoxi Drenante: Uma técnica altamente especializada que combina manobras de massagem drenante manual a massagem terapêutica oriental e manobras da massagem relaxante. Tem proposta de desintoxicar e drenar o organismo a fim de equilibrar as funções metabólicas proporcionando mais saúde, bem-estar e diminuindo edemas.

Drenagem linfática para gestante: Durante a gestação há um aumento na produção hormonal, responsável por várias modificações musculares e estruturais. Alguns dos hormônios essenciais na gravidez são responsáveis pela tendência de reabsorver o sódio, e isso causa a retenção hídrica. O profissional pressiona e desliza a mão por todo o corpo, direcionando o excesso de líquido para os gânglios linfáticos, que trabalham para eliminá-los pela urina. As manobras são realizadas em decúbito dorsal (barriga para cima) e decúbito lateral (pessoa deitada de lado); e não é realizada no abdômen. Tem ação descongestionante, fortalece o sistema imunológico e reduz o inchaço.

Massagem relaxante: Técnica de massagem que proporciona o alívio do stress e das dores. São realizadas manobras terapêuticas específicas como deslizamentos e percussões. Essa terapia tem o intuito de melhorar a circulação sanguínea, aumentar o fluxo de nutrientes, além de aliviar a dor e facilitar a atividade muscular. A massagem relaxante proporciona reduções significativas nos níveis do hormônio do stress (cortisol) e provoca elevações da oxitocina, um hormônio associado ao contentamento e à confiança e provocam a sensação de bem-estar e relaxamento.

Mas atenção: antes de dar início a qualquer tipo de tratamento terapêutico, a gestante deve informar o médico. Deve-se evitar massagens antes de completar os três meses de gestação.

De resto, é seguir as dicas e relaxar, curtir o momento e esperar pela chegada do bebê.

Visite nosso site. Venha nos fazer uma visita ou agende agora mesmo.

Zahra Spa & Estética.
Beleza e Bem-Estar com Responsabilidade.

Fixo: 11 5096-0610 ou 5096-0247
Celular: 11 96218-0654
Whatsapp: 11 96161-0069

Posts relacionados

Deixe um comentário